Navalny perde batalha judicial sobre condições em que está preso

Agência Lusa
10 nov, 21:17
Alexei Navalny

O líder da oposição russa está a cumprir uma sentença de nove anos de prisão na cadeia de segurança máxima IK-6

O mais conhecido líder da oposição da Rússia, Alexei Navalny, perdeu esta quinta-feira mais uma batalha judicial de protesto contra as condições em que está encarcerado.

Um juiz da cidade de Kovrov, na região de Vladimir, indeferiu o protesto de Navalny contra o seu encarceramento numa cela solitária. Foi pelo menos a segunda vez que rejeitou uma queixa deste género apresentada pelo dissidente.

Navalny, que compareceu em tribunal via videochamada da prisão, está a cumprir uma sentença de nove anos de prisão na cadeia de segurança máxima IK-6, situada na aldeia de Melekhovo, na região russa de Vladimir, cerca de 250 quilómetros a leste de Moscovo.

“Eu nunca sairei da cela de castigo! Tome algumas decisões, caso contrário, viverei aqui para sempre!”, disse Navalny a dada altura, rindo.

Alexei Navalny, de 46 anos, foi detido na Rússia em janeiro de 2021 quando regressava da Alemanha, onde tinha estado a recuperar de um envenenamento com uma substância neurotóxica que atribui ao Kremlin, e condenado a uma sentença de dois anos e meio de prisão por uma violação da liberdade condicional.

Em março, foi condenado a nove anos de prisão por crimes de fraude e desrespeito ao tribunal, acusações que rejeitou, classificando-as como politicamente motivadas e uma tentativa das autoridades de o manter atrás das grades durante o máximo de tempo possível.

Relacionados

Europa

Mais Europa

Patrocinados