Alemanha introduz passe de transportes a 9 euros por mês contra a inflação

Agência Lusa , CF
1 jun, 09:28
Bilhete de transportes

O passe mensal pretende promover uma alternativa ao automóvel e combater a inflação provocada pela guerra, numa iniciativa que se prolongará até final de agosto

Os alemães dispõem a partir desta quarta-feira de um passe mensal para transportes públicos por apenas nove euros, parte de um pacote de medidas para responder ao aumento dos preços provocado pela guerra na Ucrânia.

Além do desconto no acesso a transportes públicos e comboios regionais de todo o país, durante três meses, o governo alemão já tinha anunciado, no final de março, um benefício fiscal de 300 euros no IRS e uma redução no imposto sobre o combustível durante três meses.

Os passes mensais a nove euros estão disponíveis nos meses de junho, julho e agosto e podem ser usados nos transportes públicos de todas as cidades do país, e também em comboios regionais. De fora ficam os comboios de longa distância da Deutsche Bahn ICE, Intercity e Eurocity.

O governo alemão vai subsidiar os passes a preços reduzidos com 2,5 mil milhões de euros, mas os estados e municípios devem organizar a sua implementação de forma independente.

O ministro dos transportes alemão, Volker Wissing, do partido liberal FDP que integra a coligação governamental com os Verdes e o Partido Social Democrata alemão (SPD), considerou que esta é uma “enorme oportunidade” para promover uma alternativa ao automóvel.

Admitiu, ainda assim, que em algumas regiões, em alguns dias, os comboios e autocarros poderão circular cheios, o que vai exigir “paciência” e “nervos de aço”.

Muitas empresas de transporte já anunciaram comboios de reforço para os três meses. A Deutsche Bahn, por exemplo, quer usar 50 comboios adicionais e aumentar a equipa. Devem ser usados principalmente nas rotas turísticas para os mares do Norte e Báltico.

Apesar disso, muitos especialistas estão céticos sobre se o reforço será suficiente.

De acordo com um estudo revelado pela televisão pública ARD a 13 de maio, 44% dos entrevistados revelaram que pretendiam comprar o passe mensal. Já 53% assumiram ter pouco ou nenhum interesse.

Até segunda-feira, inclusive, já tinham sido vendidos quase três milhões de bilhetes apenas pelos canais digitais da Deutsche Bahn.

Os passes mensais normais nas cidades alemãs variam entre os 60 e os 100 euros.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Europa

Mais Europa

Patrocinados