Com pompa e circunstância. Tesla abre primeira fábrica na Europa, onde se vão produzir 500 mil carros por ano

22 mar, 22:06

Altos funcionários do governo alemão estiveram presentes e nem Elon Musk faltou à festa. O ponto alto foi a entrega dos primeiros 30 carros aos consumidores

A Tesla já começou oficialmente a produzir carros na Europa. O marco foi assinalado esta terça-feira, com a abertura da fábrica na Alemanha, e que contou com a presença de Elon Musk e de Olaf Scholz, chanceler alemão. As primeiras previsões apontam que aquela fábrica produza 500 mil carros elétricos por ano.

O diretor-executivo da empresa norte-americana acompanhou o chefe do governo alemão numa visita pela infraestrutura, que custou qualquer coisa como sete mil milhões de dólares (mais de seis mil milhões de euros), foi construída em pouco mais de dois anos e que fica localizada nos arredores da capital germânica.

O ambiente foi de festa, e em paralelo com a crise dos combustíveis fósseis, Olaf Scholz afirmou que “a mobilidade elétrica vai moldar a mobilidade no futuro”.

O ministro alemão da Economia, Robert Habeck, que também esteve presente, falou num “dia especial para a região, para a Alemanha e para a transformação da mobilidade na Alemanha”.

Já Elon Musk mostrou-se em casa, agradecendo em alemão através do Twitter: “Danke Deutschland!!”, escreveu.

O dia também marcou a entrega dos primeiros 30 carros da Tesla produzidos em solo europeu, e que foram para clientes que os tinham encomendado previamente, e que também tiveram direito a convite. De resto, a entrega do primeiro carro foi partilhada através do Twitter.

Tecnologia

Mais Tecnologia

Patrocinados