Espanha
30'
0 - 0
Itália

Detido homem de 72 anos suspeito de homicídio e de rebentar explosivos em escritório de advogados de Águeda

Agência Lusa , BC
24 mar 2023, 18:05
GNR e INEM

Homicídio ocorreu ao início da tarde desta sexta-feira. Após o crime, alegado suspeito dirigiu-se a escritório de advogados onde fez rebentar um engenho explosivo, sem causar vítimas

A GNR deteve hoje um homem de 72 anos suspeito de ter esfaqueado mortalmente um indivíduo e rebentado um "engenho explosivo" num escritório de advogados, em Águeda, no distrito de Aveiro, informou hoje aquela força de segurança.

Fonte da GNR disse à Lusa que o homicídio ocorreu cerca das 13:15 numa Estrada Municipal no lugar de Paradela, em Recardães, Águeda.

Quando chegaram ao local, os bombeiros depararam-se com um homem que tinha cerca de uma dezena de ferimentos provocados por esfaqueamento.

Foi chamada ao local a Viatura Médica de Emergência e Reanimação, mas o homem não resistiu aos ferimentos e acabou por morrer.

Após o homicídio, o suspeito deslocou-se para um escritório de advogados no centro de Águeda, onde, de acordo com a GNR, "fez rebentar um engenho explosivo", sem contudo provocar vítimas.

O suspeito acabou por ser detido pela GNR nas imediações do referido escritório.

Ainda segundo a Guarda, o detido tinha um mandado de detenção para cumprimento de uma pena de sete anos de prisão, por furto qualificado.

O caso passou, entretanto, para a alçada da Polícia Judiciária.

 

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados