Polícia sul-africana resgata empresário raptado há duas semanas em Gauteng

Agência Lusa , CF
19 jan, 17:50
Joanesburgo (AP)

Na operação policial, foram detidos seis homens suspeitos de serem membros de um sindicato que fazia sequestros para obter resgates de empresários

Um empresário de Gauteng sequestrado há duas semanas foi resgatado esta quinta-feira pela polícia em Joanesburgo, capital económica da África do Sul, anunciou a corporação.

Em comunicado, a porta-voz do comando nacional da polícia sul-africana, Athlenda Mathe disse que o empresário foi sequestrado a 7 de janeiro, sem avançar mais detalhes.

Na operação, a polícia prendeu seis homens suspeitos de serem membros de um sindicato que fazia sequestros para obter resgates de empresários na província sul-africana de Gauteng, salientou.

Segundo a polícia sul-africana, o grupo de sequestradores estava sob vigilância há algum tempo e foi implicado em pelo menos 16 casos de rapto.

A polícia efetuou rusgas em quatro residências utilizadas pelo grupo em várias zonas no leste da grande Joanesburgo.

Foram aprendidos cinco carros de luxo, 20 telemóveis e 30 aparelhos portáteis de localização GPS, entre outros artigos, explicou a porta-voz policial sul-africana.

Em novembro, o Governo sul-africano anunciou que nos três meses de julho a setembro do ano passado o número de sequestros “duplicou” no país, com mais de 4.000 casos reportados pela polícia.

África

Mais África

Patrocinados