Desconvocadas greves na Portway após maratona negocial

Agência Lusa , CE
16 dez 2021, 15:40
Aeroporto
Aeroporto

Sindicato dos Trabalhadores dos Aeroportos Manutenção e Aviação conseguiu alcançar a anulação das avaliações referentes ao ano de 2019 e 2020

PUB

As greves na Portway marcadas para dezembro foram desconvocadas, após maratona negocial que resultou na anulação das avaliações de 2019 e 2020, como era exigido pelos trabalhadores, segundo o Sindicato dos Trabalhadores dos Aeroportos Manutenção e Aviação (STAMA).

“Após maratona negocial em sede de DGERT [Direção Geral do Emprego e das Relações de Trabalho], o STAMA conseguiu alcançar o que era exigido pelos trabalhadores associados, a anulação das avaliações referentes ao ano de 2019 e 2020”, começou por explicar, em comunicado, o STAMA.

PUB

Desta forma, prosseguiu, “o STAMA desconvoca a greve marcada para 22 e 23, 29 e 30 de dezembro, bem assim como as greves parciais com início a 17 de dezembro de 2021”.

No caso das greves parciais, a desconvocação tem como objetivo “evitar o adensar de aglomerações nos aeroportos nacionais, ajudando-se assim a minorar os impactos de transmissibilidade das variantes de covid-19”, apontou a estrutural sindical.

Ainda assim, o sindicato realçou que “os diferendos que continuam a existir entre trabalhadores e a empresa serão discutidos com o STAMA a curto prazo”.

PUB
PUB
PUB

O STAMA tinha convocado uma greve total nos dias 22, 23, 29 e 30 de dezembro, por questões ligadas ao cumprimento do Acordo de Empresa (AE).

Estavam ainda previstas greves parciais de uma hora à entrada, duas horas à saída e a todo o trabalho extraordinário, incluindo o trabalho em dias feriado, com início a 17 de dezembro.

Relacionados

Uma newsletter para conversarmos - Decisão 22

Envie-nos as suas questões e sugestões de temas, responderemos pela caixa do correio

Saiba mais

Empresas

Mais Empresas

Patrocinados