Helicóptero de combate aos incêndios cai em Amares

1 set, 20:12

O piloto está consciente, mas gravemente ferido

Um helicóptero que combatia um incêndio caiu na localidade de Louredo, em Amares, no distrito de Braga, na sequência de uma colisão com um cabo de alta tensão, apurou a CNN Portugal. 

No helicóptero seguia apenas o piloto, que ficou gravemente ferido.

Fonte ligado ao setor da aviação acrescentou à Lusa, pelas 21:00, que o piloto ainda se encontrava encarcerado no helicóptero, dando conta de que a viatura de desencarceramento não conseguia chegar ao local do acidente.

Segundo a mesma fonte, o aparelho trata-se de um Bell 412, operado pela Helibravo e sediado nos Arcos de Valdevez, distrito de Viana do Castelo, e que o acidente aconteceu “após a última largada do dia” e depois de “embater num cabo de muito alta tensão”.

Em comunicado entretanto divulgado, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEP) refere que “o alerta foi dado pelas 19:25”, acrescentando que “foram de imediato mobilizados meios de socorro para o local”.

A ANEPC confirma que “o piloto comandante se encontra consciente, estando a ser avaliado pela equipa de socorro”.

“Um helicóptero médio de combate a incêndios rurais, de indicativo operacional Hotel 60, sediado no Centro de Meios Aéreos de Arcos de Valdevez, no distrito de Viana do Castelo, e pertencente ao Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais, sofreu um acidente na tarde desta quinta-feira durante as operações de combate ao incêndio rural que lavra em Amares, no distrito de Braga”, refere ainda a ANEPC, no comunicado.

O incêndio que lavra em Amares está neste momento a ser combatido por 53 operacionais, apoiados por 13 viaturas.

País

Mais País

Patrocinados